quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Doce menino

... e quando eu descia a rua da rotatória,
um menino de uns sete anos, muito magro, carregava uma mochila nas
costas, subia de encontro a mim e num ritmo suave, cantava uma canção
que dizia: "...mas quando o dia clarear..."
Ele sorria olhando pra cima e eu, encantada com aquela canção
tão doce, sorri.
Pensei muito na única frase que ouvi o garoto dizer.
"...mas quando o dia clarear..."

Tanta coisa pode mudar, quando o dia clarear...!

2 comentários:

souteuadmirador2008 disse...

...você tem mente e coração abertos não só para sonhar, mas também para observar com suas lentes exclusivas os principais detalhes do que está ao seu redor...
...essa percepção é dez...
...você é mil... e por isso merece um beijo!!!

Sakata disse...

nice blog!